Alixa

Com a inauguração da Cooperativa dos Artistas Plásticos do Pará - COART, em 1979 Alixa participou de sua primeira exposição. Seus primeiros trabalhos o tema predominante eram os elementos culturais da região amazônica se valendo técnicas como o grafite, o pastel a óleo, aquarela e suas misturas. Participou de exposição por todo país inclusive em Portugal. Com a participação na ECO-92, no Rio de Janeiro, mudou a percepção sobre o próprio trabalho situando-se do envolvimento social e ecológico que refletia suas obras. Nesta descoberta passou a subjetivar a visualidade amazônica, construindo para si uma plasticidade regional da qual encontrou na digigravura um objeto de experimentação e investigação plástica em artes contemporânea.