acervo

Montar uma coleção é encontrar, adquirir, organizar e guardar itens, seja numa sala, casa, biblioteca, museu ou galpão. É também, inevitavelmente, uma maneira de pensar sobre o mundo: as conexões e os princípios que produzem uma coleção contêm suposições, justaposições, descobertas, possibilidades experimentais e associações. A formação de coleções, pode-se dizer, é um método de produzir conhecimento.

Hans Ulrich Obrist, Os caminhos da Curadoria. Rio de Janeiro: Cobogó, 2014.

Como um espaço dedicado às artes visuais, Vitória Barros constituiu um pequeno recorte da produção contemporânea das artes plásticas paraense que se acumulou entre doações de artistas e aquisições, são cerca de 200 obras registradas entre pinturas, desenho e gravuras sob papel, esculturas, instalações, entre outros objetos, além de um acervo fotográfico numeroso que não está somados acima.

Aqui, expomos parte desse acervo em dois momentos: Em Artistas em acervo podemos conhecer um pouco das obras da coleção a partir dos artistas e suas biografias. Já na seção Ver-a-cidade de Marabá têm-se uma mostra do projeto fotográfico homônimo, que nascido em 2010 com a proposta de estimular o interesse pelas artes visuais a partir da linguagem fotográfica, conta hoje com cerca de 1.144 fotos, digitais ou impressas. Uma crônica da cidade construída ano a ano por inúmeros olhares.

© 2015 por Galeria de Arte Vitória Barros.

Orgulhosamente criado com Wix.com 

Av. Itacaiúnas, 1519. Novo Horizonte, Marabá-PA.

68503-820